Minha bailarina

Hoje vi minha bailarina.
Mágica.
Linda.
Divina.
Já nem me lembro
Se havia vida sem ela,
Quando, ali da janela,
Vejo seus movimentos.
Lembro, sim,
Dos momentos,
Os nossos.
E a cada passo delicado,
Fico mais apaixonado.
Mais vivo.
Hoje vi minha bailarina,
Minha mulher
Com roupa, alma
E rosto,
De menina.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s