Minha bailarina

Hoje vi minha bailarina.
Mágica.
Linda.
Divina.
Já nem me lembro
Se havia vida sem ela,
Quando, ali da janela,
Vejo seus movimentos.
Lembro, sim,
Dos momentos,
Os nossos.
E a cada passo delicado,
Fico mais apaixonado.
Mais vivo.
Hoje vi minha bailarina,
Minha mulher
Com roupa, alma
E rosto,
De menina.

Anúncios

Deixe uma resposta