A Bailarina e o Poeta

a bailarina e o poeta,
uma história de amor.
minha predileta.

ela, tão linda,
baila, formosa
e iluminada,
e deixa a plateia
encantada,
com seus perfeitos
trejeitos.
com seu perfume.

ele, disfarça mal
o ciúme,
e arranca de dentro do peito
um poema imperfeito
que fala do que ele sente.

ela, ainda um pouco assustada,
ri, porque acha engraçada
sua condição de musa.
aí, então, ele abusa
e entrega poemas e trovas
que servem, a ela, de provas
daquele amor que ele diz.

ela, acredita.
e, ainda mais bonita,
segura a mão do poeta.

e a vida fica completa.

ele, agora, sempre encontra a rima,
faz de cada verso, obra-prima,
que acende o coração de quem lê.

ela, por certo, ainda dança.
mas agora em pas de deux.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s