Branquinha

Meu amor, branquinha,
Quando tua boca
E a minha
Inventaram o nosso beijo
E nossas mãos, nossos dedos,
Deixaram pra trás os teus medos,
Se entrelaçaram, num nó,
Nossos caminhos,
Antes dois, pra dois sozinhos,
Se transformaram num só.
E a vida ficou mais feliz!
Mais colorida,
Engraçada.
Mais musical,
E falada!
E mesmo que, às vezes, aflita,
Mesmo que, às vezes, zangada,
É você a mais bonita!
Só você, amor, minha namorada!

Deixe uma resposta