só tu

guardei pra ti e dou mais do que posso
minha alma, meu corpo e pensamento…
tão improvável amor, esse, o nosso,
que o bem querer parece sofrimento.
mas se o amor pra ser bom tem que doer,
como nos ensinou o Poetinha,
em mil vidas haveria eu de escolher,
entre todas, só tu, pra seres minha.

Deixe uma resposta