She

Não estou gostando nada

Dessa vida

Meio vazia, rala.

Meio corrida

Sem sentimento bom,

Descolorida

Que é o que restou

Depois da despedida.

Eu fiquei, só,

Imerso em silêncio.

Nem mesmo esse,

Foi absoluto,

Interrompido que era pelo choro –

Inconfundível marca

Do meu luto.

Na nossa sala cheia de lembranças,

Saltam aos olhos

Proparoxítonas,

Pétalas,

Máquinas,

Lágrimas

E dúvidas.

Todas elas órfãs de rimas.

Fazia um tempo que eu nem pensava

Nas nossas coisas,

Então, não sentia

O perfume leve de baunilha

E o sopro noturno dessa nostalgia.
Mas esteve por aqui Sr. Costello

Com mil guitarras e só uma chave

Do, hoje, temido universo paralelo

Onde a gente chegou a dividir

O mesmo sonho de felicidade.

Onde você era a canção

Entoada, com amor, pelo verão,

Uma centena de coisas diferentes

E o rosto que eu não poderia

Esquecer.
Como não esqueci.

E nem vou.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s