Última Rodada II (Brasileirão 2010)

Senhor, venho implorar-te como fiz ano passado
E peço com todo o amor que tenho no coração.
Se antes eu te roguei para não ser rebaixado
Hoje o que Vos suplico, é para ser o campeão.

Homens de preto nos roubaram, a mando do timão
Mas contra tudo e contra todos, chegamos até aqui
De nada adiantou o esforço do cramunhão
Porque Te fizeste presente pelas mãos do Muricy.

Portanto, sem nenhum falso pudor, peço a vitória.
Que todo aquele bando de loucos chore de dor,
Que o Conca se imortalize em nossa história,
E que o triunfo de hoje seja nosso, Tricolor.

Tu, que através de linhas tortas, escreves certo
Nos privaste dos gols do Coração Valente.
Mas que hoje o Fred ache o gol aberto
E que liberte o grito dessa nossa gente!

Que o Engenhão seja coberto por nossa paixão eterna.
E que ela deixe despertos nossos guerreiros.
Que sejam imaculadas as redes atrás do Berna,
E Leandro Euzébio e Gum sejam certeiros.

Como uma precaução a mais, não custa nada,
(Só tornará ainda mais forte a nossa fé)
Faça o Goiás sair na frente no Serra Dourada
E o Cruzeiro escorregar na Arena do Jacaré.

Senhor, fico por aqui, e já Te agradeço
Por todas as graças que tenho, Te sou grato.
Já me deste, na vida, tão mais do que mereço,
Que será simples, pra Ti, esse tricampeonato!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s