Serenidade

Serenidade:
Palavra perdida no espaço
Saiu sem olhar pra trás,
Ligeira, apertando o passo
Não deu notícias.
Jamais.
Serena idade?
Tolo, imaginei-me aos trinta
Calmo, tranqüilo e maduro
Desilusão fez que eu me sinta
Bem mais frágil.
Inseguro.
Serenidade,
Por que tu foste embora?
Volta pra cá, por favor
Acalma meu peito que chora
Porque é vazio de amor.

Deixe uma resposta